Habilitando a execução de códigos ASP.NET no SharePoint Server 2007

Uma dúvida comum que surge para nós desenvolvedores antigos, que já trabalhamos com desenvolvimento .NET puro, é se podemos simplesmente injetar códigos ASP .NET nas nossas páginas SharePoint.

A resposta é sim! Ao contrário do SharePoint Portal Server 2003/WSS 2.0, no SharePoint Server 2007/WSS 3.0 podemos desenvolver dessa forma também, mas todos nós devemos levar em consideração algo muito importante, o SharePoint é uma plataforma principalmente de Colaboração e Produtividade, portanto sempre que pensarmos em customizações e desenvolvimentos avançados dentro do SharePoint devemos ter o cuidado para não perdermos a essência desse produto que é ser produtivo, analisem bem toda customização e se certifiquem de que a mesma não irá afetar a produtividade do seu projeto. 😉

Antes de utilizar códigos ASP.NET em nossas aplicações SharePoint, precisamos habilitar a execução de scripts server-side nos nossos sites, para isso, siga os seguintes passos:

1.    Navegue até a raíz do diretório virtual do site que você deseja habilitar (geralmente C:InetpubwwwrootwssVirtualDirectoriesHostValue+Porta_do_seu_site)

2.    Abra o arquivo web.config da sua aplicação.

3.    Navegue até o node “PageParserPaths”.

 

    <SafeMode MaxControls="200" CallStack="false" DirectFileDependencies="10" TotalFileDependencies="50" AllowPageLevelTrace="false" AllowUnsafeControls="False">

      <PageParserPaths>

      </PageParserPaths>

    </SafeMode>

 

4.    Por padrão essa seção é vazia, ela é a responsável por gerenciar os caminhos virtuais que estão autorizados a executar scripts server-side na sua aplicação, adicione um node “PageParserPath” com o caminho do site que deseja autorizar para executar os scripts, veja um exemplo abaixo:

 

<PageParserPaths>

        <PageParserPath VirtualPath="/pages/*" CompilationMode="Always" AllowServerSideScript="true" IncludeSubFolders="true"/>

</PageParserPaths>

 

Propriedades mais importantes:

 

CompilationMode

o    Always – As páginas sempre serão compiladas (padrão)

o    Auto – O ASP.NET vai tentar não compilar as páginas.

o    Never – as páginas nunca serão compiladas dinâmicamente.

 

VirtualPath, aponta o endereço virtual que estará autorizado a executar scripts server-side.

 

IncludeSubFolders, indica se as sub folder desse endereço virtual também poderão executar scripts server-side.

Seguindo esses passos seu site já estará configurado para executar scripts server-side, à partir daí você poderá injetar códigos ASP .NET em suas páginas, mas nunca se esqueçam de levar em consideração os pontos informados no início desse artigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: